NOTA DE REPÚDIO

NOTA DE REPÚDIO

Fazzapur, 16 de março de 2017

O Estado Principesco de Padme, ciente dos últimos acontecimentos envolvendo ataques a Ásia Micronacional e seu seguimento de tradição e cultura Oriental, considera deplorável matérias jornalísticas que incitam o ódio, a discórdia e o alvoroço entre os irmãos participantes do hobby, sob palavras de agressão, que ofendem a temática e condução de projetos micronacionais de tradição oriental.

O Estado Padmês reitera, que nossa tradição, atrelado aos princípios constitucionais de nosso país, preza pelo diálogo, para as soluções pacíficas de conflitos. E ratificamos, o repúdio aos que promovem conscientemente a violência de gênero, fronteiras geográficas, étnicas, sociais, religiosas ou econômicas. Atentando também contra os direitos humanos e a auto-determinação dos povos, atingindo seus direitos à liberdade, à cultura, à integridade física, psicológica e moral.

Que haja benefício para todos nós!

SAMIR IBRAHIM AL-FERES
Príncipe Soberano de Padme

Anúncios